Você sabe o que faz uma paisagista?

paisagismo-projeto

QUAIS AS CARACTERÍSTICAS NECESSÁRIAS?

Para ser uma paisagista é necessário gostar da natureza e ter interesse pelas artes. Outras características desejáveis são: visão artística, sensibilidade, visão de projeto, dinamismo e responsabilidade.

QUAL A FORMAÇÃO NECESSÁRIA?

Existem muitos outros cursos técnicos e de curta duração que dão bases para que o profissional exerça a profissão, visto que a mesma ainda não é regulamentada. Muitos cursos de arquitetura contém várias matérias do paisagismo, com maior ou menor ênfase, dependendo da escola, podendo ser também uma opção para quem quer se tornar um paisagista profissional. É muito importante que o profissional do paisagismo esteja sempre interessado em se desenvolver e aprender coisas novas, e pode fazê-lo participando de cursos, workshops e analisando exposições de outros profissionais.

PRINCIPAIS ATIVIDADES

As principais atividades incluem analisar a área a ser trabalhada, verificar as necessidades da área, levando em conta sua funcionalidade, a topografia do local e a preservação do meio ambiente elaborar o projeto paisagístico, envolvendo, se necessário, profissionais de outras áreas submeter o projeto à aprovação do contratante. Após a aprovação do projeto, o paisagista pode contratar todos os profissionais necessários, comprar os materiais, plantas, sementes, etc, que serão utilizadas. Além de coordenar o andamento do projeto e realizar as alterações necessárias.

 

luiza-sanz-paisagista-jardim-vertical

ÁREAS DE ATUAÇÃO E ESPECIALIDADES

O profissional do paisagismo trabalha com projetos de design em áreas abertas e fechadas, projetando jardins públicos ou privados, praças, parques, áreas comuns em edifícios, zoológicos, canteiros, espaços de lazer e recreação e de monumentos históricos, sítios, etc, sempre levando em conta a funcionalidade, a topografia do local, os aspectos culturais e sociais, os recursos naturais e a preservação do meio ambiente. Esse profissional também pode atuar em equipes multidisciplinares de recuperação de áreas danificadas ou devastadas, trabalhar com o cultivo de plantas e árvores para a integração em projetos paisagísticos, ou na produção de arranjos de plantas para o mesmo fim.

MERCADO DE TRABALHO

O mercado de trabalho é amplo para o paisagista. O setor público emprega muitos profissionais da área, principalmente em projetos de recuperação de áreas destruídas e no paisagismo urbano, como na projeção de parques, praças e canteiros. Mas hoje o setor privado ainda é o que mais emprega, destacando a participação de paisagistas no projeto de áreas comuns de novos empreendimentos imobiliários comerciais e residenciais e na manutenção e redesenho de projetos em shoppings, restaurantes, jardins privados, etc.

COMENTÁRIOS