Jardim Vertical

Painel 4JD vertical 2Luiza 1Luiza Jardim Vertical-10-Editar-2

Luiza Sanz – Paisagista

Jardim vertical: tendência sustentável que domina o decor

A vida urbana é intensa e muitas vezes cinza. O verde tão característico do nosso país deu lugar aos arranha-céus, além de muito, mas muito concreto por todos os lados.

Então, para tentar driblar este comportamento tão cosmopolita, precisamos encontrar maneiras de se aproximar da natureza, seja pela adoção de alguns vasinhos ou então a criação de um jardim vertical completo.

Você provavelmente já ouviu falar em jardim vertical – até mesmo porque eles estão dominando o paisagismo. Mas você sabe como fazer e por onde começar? O Montacasa separou algumas dicas bem interessantes que podem te ajudar a trazer frescor e muito verde para dentro de casa – por menor que o espaço seja.

Confira!

jardim vertical Deborah Basso Arquitetura e Design de Interiores

© Viva Decora jardim vertical Deborah Basso Arquitetura e Design de Interiores

 

Jardim vertical Cíntia Mara Petronetto

© Viva Decora Jardim vertical Cíntia Mara Petronetto

O que é um jardim vertical?

O jardim vertical é um tipo de paisagismo no qual as plantas são ordenadas verticalmente com a ajuda de uma estrutura especial ou algum tipo de suporte. A principal intenção, além de nos aproximar da natureza, é fazer com que, mesmo em espaços pequenos, seja possível criar um ambiente cheio de vida e muito verde.

Sim, com a verticalização das cidades, os jardins seguiram esta mesma tendência, e agora é possível plantar sem precisar de um grande quintal – muito popular em casas e ambientes maiores.

Sendo assim, basta separar um pequeno espacinho para começar.

O ideal é que o local em questão receba luz e sombra na medida certa, possibilitando que suas plantinhas consigam viver plenamente e por muito mais tempo. Vamos começar!?

Como fazer um jardim vertical e o que plantar?

Jardim Vertical MC3 Arquitetura Design de Interiores e Paisagismo

© Viva Decora Jardim Vertical MC3 Arquitetura Design de Interiores e Paisagismo
Podemos dizer que não existe regras para fazer um jardim vertical e sim inspirações que podem ou não se encaixar dentro do seu ambiente. De maneira geral, claro, é preciso que as plantas escolhidas sejam dispostas de um modo que consigam sobreviver no ambiente verticalizado, com os cuidados corretos.

Para fazer um jardim vertical você pode usar suportes como pallets, caixotes de feiras, pequenos vasinhos pendurados no teto ou então uma estrutura de ferro, do tipo treliça. Aí então, vai da sua criatividade dispor as plantas que deseja, fazendo uma verdadeira parede verde. Vale lembrar que cada plantinha possui características específicas.

Por isso, antes de sair comprando mudas para o plantio, verifique o que o seu espaço em questão oferece para criar um ambiente perfeito para elas. As Samambaias e as Bromélias, por exemplo, precisam de pouca luz e vivem bem à sombra, diferente do Guaimbê, Aspargos e Russélias que precisam de muita luz.

Ah, e não podemos nos esquecer que existem aquelas plantas também que precisam de muita água e outras que necessitam de irrigação moderada. Portanto, preste atenção na escolha!

Cuidados com o seu jardim vertical

Jardim Vertical EstUdio A Arquitetura

© Viva Decora Jardim Vertical EstUdio A Arquitetura

As plantas, como você já pôde perceber, precisam de cuidados para que elas possam durar muito mais tempo e oferecer o frescor que você precisa dentro de casa.

Primeiramente, é preciso irrigá-las periodicamente, observando a necessidade de cada planta. Uma dica interessante: coloque o dedo no vasinho para perceber se o solo está seco ou muito encharcado, observando que o ideal é sempre o meio termo.

Para jardins verticais maiores, vale pesquisar por sistemas de irrigação mais complexos no qual a água é distribuída de forma automatizada e periodicamente.  Outro ponto importante para a manutenção do jardim vertical é a adubação.

Jardim Vertical In House Arquitetura e Design de Interiores

© Viva Decora Jardim Vertical In House Arquitetura e Design de Interiores
Isto significa manter o solo da plantinha rico em nutrientes para que ela possa crescer saudável.

Deste modo, é possível fazer o próprio substrato em casa com o uso de cascas de alimentos batidos no liquidificador acrescido de húmus, por exemplo.

Também vale recorrer aos nutrientes encontrados em floriculturas, no qual basta misturar à água e borrifar nas plantas. Você pode colocar substratos que já possuem adubo na composição – assim, quando você rega, o fertilizante vai sendo liberado.

Outro ponto importante é a poda. Sim, mesmo sendo um jardim vertical é importante eliminar folhas secas e galhos, para que os ramos saudáveis possam crescer livremente.

Então, agora que você já sabe um pouco mais sobre jardim vertical, que tal criar um espacinho verde em casa? Afinal, as plantas trazem muito mais vida ao ambiente e ainda deixam a decoração muito mais bela.

 

Fonte: www.vivadecora.com.br

http://www.msn.com/pt-br/estilo-de-vida/casa-e-decoracao/jardim-vertical-tend%c3%aancia-sustent%c3%a1vel-que-domina-o-decor/ar-AAyR7R2?li=AAggXC1&ocid=SK216DHP#image=1

 

COMENTÁRIOS